Vasco

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Tabela de conteúdo

Clube

Nome do Clube: Club de Regatas Vasco da Gama
Cidade: Rio de Janeiro Rio de Janeiro Brasil
Data de Fundação: 21 de agosto de 1898
Estádio: São Januário
Mando: São Januário e Maracanã
Site: http://www.crvascodagama.com.br/
História: O Club de Regatas Vasco da Gama foi fundado no dia 21 de agosto de 1898, por iniciativa de quatro jovens remadores cansados de ir até Niterói para praticarem seu esporte favorito. Após o sucesso no mar, no dia 26 de novembro de 1915 o Vasco se fundiu com o Lusitânia F.C. e formou seu primeiro time de futebol. O Vasco da Gama elegeu o primeiro presidente não-branco da história dos clubes esportivos do Rio de Janeiro, em uma época que o racismo dominava o esporte. Em 1923 venceu a divisão de acesso do Campeonato Carioca e logo no ano de estreia, 1924, conquistou o título da divisão principal. As derrotas sofridas para o Vasco ao longo da competição eram inadmissíveis para os adversários, que logo começaram a alegar que o quadro de atletas cruzmaltinos era formado por pessoas de "profissão duvidosa" e que o clube não possuia um estádio afim de excluí-lo do campeonato. Botafogo, Flamengo, Fluminense e alguns outros clubes se uniram e abandonaram a Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT), fundando a Associação Metropolitana de Esportes Atléticos (AMEA). Deixaram de fora o Vasco, que só poderia se filiar à nova entidade caso dispensasse doze de seus atletas (todos negros) sob a acusação de que teriam "profissão duvidosa". Diante da situação imposta, em 1924, o presidente do Club de Regatas Vasco da Gama, José Augusto Prestes, enviou uma carta à AMEA, que veio a ser conhecida como a "resposta histórica", recusando a se submeter à condição imposta e desistindo de filiar-se a nova entidade. A carta que entrou para a história como marco da luta contra o racismo no futebol. O Vasco decidiu construir o seu próprio estádio, para acabar com qualquer exigência. O local escolhido para a construção foi a chácara de São Januário, que fora um presente de Dom Pedro I à Marquesa de Santos. Em 21 de abril de 1927, o Vasco da Gama inaugurava o então maior estádio do Brasil, o Estádio Vasco da Gama, construído em dez meses e com dinheiro arrecadado por uma campanha de recolhimento de donativos de torcedores de toda a cidade. Dois anos depois seria inaugurada a sua iluminação, passando a ser o único clube do país com um estádio em condições de sediar jogos noturnos.

Estatísticas

Retrospectos

Geral

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Palmeiras x Vasco 125 56 38 31 204 161 +25


Por Torneios

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Libertadores 2 1 1 0 5 3 +1
Sul-Americana 4 2 0 2 7 6 0
Brasileiro 47 20 15 12 68 47 +8
Mundial (Copa Rio) 2 1 1 0 2 1 +1
Mercosul 3 1 0 2 4 6 -1
Roberto Gomes Pedrosa 5 5 0 0 13 1 +5
Copa dos Campeões 1 0 1 0 1 1 0
Rio-São Paulo 30 16 8 6 58 45 +10
Amistosos 20 4 9 7 30 38 -3


Por Mando

Como Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Mandante 70 37 24 9 134 79 +28
Visitante 54 19 13 22 69 81 -3
Neutro 1 0 1 0 1 1 0


Por Estádios

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
São Januário 36 8 9 19 41 64 -11
Palestra Itália 32 19 9 4 68 41 +15
Pacaembu 28 14 11 3 50 31 +11
Maracanã 17 10 4 3 26 17 +7
Morumbi 6 3 2 1 10 3 +2
Allianz Parque 2 1 0 1 4 2 0
Albertão 1 0 1 0 1 1 0
Andaraí 1 1 0 0 2 0 +2
Arena Barueri 1 0 1 0 1 1 0
Floresta 1 0 1 0 1 1 0
Última Atualização: 16 de maio de 2017


Primeiro Jogo

No Rio de Janeiro

  • Jogo amistoso válido pela Taça Vasco da Gama, realizado em 28/09/1924, no estádio Andaraí.

Vasco da Gama 0 x 2 Palestra Italia
Palestra Italia: Primo; Bianco e Nigro; Serafini, Amílcar e Casserini; Mathias I, Coe, Heitor, Imparato e Morganti. Capitão: Amílcar Barbuy
Gols: 2 gols de Coe


Em São Paulo

Palestra Italia 1 x 1 Vasco da Gama
Palestra Italia: Primo; Bianco e Nigro; Xingo, Amílcar e Serafini; Coe, Psaqualino, Heitor, Imparato e Morganti. Capitão: Amílcar Barbuy
Gols: Torterolli no 1º tempo; Imparato no 2º tempo


Último Jogo


Palmeiras Vasco da Gama
Campeonato Brasileiro
1ª rodada
14 de maio de 2017
Domingo
16h00
Palmeiras 4 x 0 Vasco da Gama Estádio Allianz Parque, São Paulo São Paulo
Público 33.425
Renda R$ 2.109.685,93
Árbitro Rodolpho Toski Marques Paraná
Assistentes 1 Bruno Boschilia Paraná
Assistentes 2 Victor Hugo dos Santos Paraná
Jean (p,06') do 1ºt
Alejandro Guerra (40') do 1ºt
Miguel Borja (01') do 2ºt
Miguel Borja (p,34') do 2ºt
Gol
1.Fernando Prass; 2.Jean, 26.Yerry Mina, 3.Edu Dracena e 11.Zé Roberto; 30.Felipe Melo, 8.Tchê Tchê e 18.Alejandro Guerra (36'2ºt23.Roger Guedes); 29.Willian (19'2ºt22.Fabiano), 7.DuduCapitão (36'2ºt27.Keno) e 9.Miguel Borja.
Técnico: Cuca
Reservas 14.Jailson, 42.Vinícius Silvestre, 22.Fabiano, 25.Antonio Carlos, 6.Egídio, 21.Thiago Santos, 15.Michel Bastos, 20.Raphael Veiga, 28.Hyoran, 17.Erik, 23.Roger Guedes, 27.Keno
1.Martín Silva; 2.Gilberto (25'2ºt15.Bruno Gallo), 3.Jomar32'2ºt, 4.Rafael Marques e 6.Henrique; 5.Jean (12'2ºt19.Paulo Vitor), 7.Mateus Vital e 8.Douglas45'2ºt, 11.Yago Pikachu, 10.Nenê e 9.Luís FabianoCapitão (16'2ºt18.Kelvin).
Técnico: Milton Mendes

Reservas 12.Gabriel Félix, 13.Madson, 16.Alan Cardoso, 14.Julio dos Santos, 15.Bruno Gallo, 20.Wagner, 21.Guilherme Costa, 22.Damián Escudero, 23.Evander, 17.Andrés Escobar, 18.Kelvin, 19.Paulo Vitor


Curiosidades

Em 1997, Palmeiras e Vasco fizeram a final do Campeonato Brasileiro. As duas partidas terminaram 0x0 e o Vasco foi campeão por ter feito melhor campanha na 1ª fase.

Em 2000, o Palmeiras deu o troco, quando foi campeão do Rio-SP, goleando o Vasco na final por 4x0.

Palmeiras e Vasco fizeram também uma final espetacular na Mercosul de 2000. O Palmeiras vencia o jogo por 3x0 ao fim do primeiro tempo. Aos 41 do segundo tempo, o Vasco fez o gol de empate, e Romário, aos 48 virou o jogo.

Em Brasileiros, a última derrota do Palmeiras para o Vasco no Palestra Itália ocorreu em 1992, por 2x1.


Maiores Goleadas

O Palmeiras venceu o Vasco por 5x0, pelo Roberto Gomes Pedrosa em 1967.
O Vasco venceu o Palmeiras por 5x1, no Palestra Itália, no Rio-SP de 1999.

Placares

O placar de 2x1 é o mais comum entre Palmeiras e Vasco: aconteceu em 21 vezes.
Em 20 ocasiões ocorreu o placar de 1x1.
O placar por três gols ou mais de diferença aconteceram em 21 ocasiões.

Maiores Tabus

Maior tabu Palmeiras: 12 jogos (1951-1959)
Maior tabu Vasco da Gama: 7 jogos (2000-2004)
Maior série de vitórias do Palmeiras: 9 jogos (1965-1970)
Maior série de vitórias do Vasco da Gama: 2 jogos (1934, 1943, 1959-1960, 1992-1993, 1999, 2011)


Maiores Públicos

  • Maracanã
  • 89.200 (21/12/1997)
  • 65.643 (10/04/1983)
  • 42.000 (20/10/1968)
  • 39.806 (07/03/1965)

  • Morumbi
  • 76.965 (30/04/1983)
  • 54.243 (14/12/1997)
  • 16.957 (25/09/1988)

  • Pacaembu
  • 43.043 (23/02/1985)
  • 18.173 (24/10/1973)
  • 16.236 (07/10/1987)

  • São Januário
  • 33.428 (16/10/1999)
  • 18.175 (13/02/1999)
  • 17.322 (31/03/1985)

  • Palestra Itália
  • 23.199 (09/10/1993)
  • 22.944 (21/09/2008)
  • 22.904 (14/04/1999)


Quem Mais Jogou

Jogos
Jogador(es)




Os Vira-Casacas

Todos os jogadores que atuaram pelas duas equipes


Jogos

Todos os jogos contra o Vasco


Artilheiros

Gols
Artilheiro(s)
6 Tupãzinho
5 Alex
4 Arce
Artime
Rinaldo
Pena
3 Humberto Tozzi
Lima
Liminha
Luan
Luizinho Mesquita
Marcinho
Oséas
Paulo Nunes
Villadoniga
Zinho
2 Ademar Pantera
Alex Mineiro
Aquiles
Basílio
Miguel Borja
Bóvio
Careca Bianchesi
Coe
Djalminha
Echevarrieta
Écio
Edmundo
Gaúcho
Imparato
Kléber
Leandro Pereira
Mazzola
Moacyr
Nen
Osmar
Pedrinho
Renato
Sandro
Servílio
Thiago Cunha
Tunga
Tuta

Ferramentas pessoais