Portuguesa

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Tabela de conteúdo

Clube

Nome do Clube: Associação Portuguesa de Desportos
Cidade: São Paulo (SP)
Data de Fundação: 14 de agosto de 1920
Estádio: Canindé
Mando: Canindé
Site: http://www.portuguesa.com.br/
História: A Associação Portuguesa de Esportes surgiu da fusão de cinco sociedades lusitanas já existentes: Luzíadas Futebol Club, Associação 5 de Outubro, Esporte Club Lusitano, Associação Atlética Marquês de Pombal e Portugal Marinhense. O pedido de filiação da Portuguesa à Associação Paulista de Esportes Atléticos (APEA) foi deferido no dia 2 de setembro de 1920, mas como não havia mais tempo para a inscrição no campeonato daquele ano, a Portuguesa fundiu-se ao Mackenzie, já inscrito, e participaram juntos do campeonato de 1920. A Portuguesa-Mackenzie disputou os certames pela APEA até 1922. Em 1923, a Associação Portuguesa de Esportes desligou-se do parceiro e passou a disputar jogos com sua nova denominação. Foi em 1940 que o clube recebeu o atual nome Associação Portuguesa de Desportos, com sede da Rua Cesário Ramalho, no bairro do Cambuci. Em 1922 com a compra de instalações da Praça de Esportes União Artística Recreativa Cambuci, inaugurada solenemente em 25 de janeiro de 1925, onde, em 1926, iriam ser travadas as primeiras batalhas esportivas. No 9º aniversário do clube, em 1929, compra de um terreno na Avenida Tereza Cristina, no bairro do Ipiranga. Em seguida o time fixou sede no tradicional Largo de São Bento, vivendo nesta fase dias de muitas glórias dentre as quais inclui-se a conquista do título Tri-Fita Azul do futebol brasileiro. A partir da gestão de Luiz Portes Monteiro em 1956, a Portuguesa adquiriu o atual espaço do Canindé, local que havia sido usado pelo São Paulo Futebol Clube e vendido a família Whadi Sadi.


Escudos Antigos


1960-1972 1973-1991


Estatísticas

Retrospectos

Geral

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Palmeiras x Portuguesa 262 122 72 68 455 334 +54


Por Torneios

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Brasileiro 28 11 8 9 33 34 +2
Brasileiro Série B 1 1 0 0 4 3 +1
Paulista 152 72 46 34 272 174 +38
Roberto Gomes Pedrosa 3 2 1 0 4 1 +2
Rio-São Paulo 22 10 6 6 46 42 +4
Amistosos 28 14 4 10 50 36 +4


Por Mando

Como Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Mandante 165 96 48 21 340 182 +75
Visitante 95 27 24 44 130 154 -17
Neutro


Por Estádios

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Pacaembu 144 63 43 38 +25
Canindé 24 6 5 13 26 36 -7
Última Atualização: 7 de março de 2014


Primeiro Jogo

No Palestra Itália

Palestra Itália 5 x 1 Portuguesa/Mackenzie
Juíz: Alfredo Pestiglioli
Palestra Itália: Primo; Bianco e Pedretti; Bertolini, Picagli e Fabbi; Caetano, Federici, Heitor, Imparato e Martinelli. Capitão: Bianco
Portuguesa/Mackenzie: Mesquita I; D´Alessio e Álvaro; Bueno, Silva e Almeida; Barbosa, Peres, Artur, Dino e Mesquita II.
Gols: Imparato e Peres no 1º tempo; Imparato, Martinelli, Federici e Imparato no 2º tempo


Na Rua Cesário Ramalho/Cambuci

  • Jogo válido pelo Campeonato Paulista realizado em 14/10/1928, no estádio da Rua Cesário Ramalho, no Cambuci.

Portuguesa 1 x 6 Palestra Itália
Juíz: Cahouby Reis
Portuguesa: Toffine; Raposo e Machado; Américo, Salvador e Martins; Russo, Salles, Amleto, Pompeu e Varella.
Palestra Itália: Rabello; Nélson e Amílcar; Xingo, Goliardo e Serafini; Ministrinho, Carrone, Sbrighi, Heitor e Perillo. Capitão: Amílcar
Gols: Sbrighi, Goliardo, Carrone e Sbrighi no 1º tempo; Carrone, Heitor e Salles no 2º tempo


Último Jogo


Palmeiras Portuguesa
12ª rodada - Paulista
6 de março de 2014
5ª-feira, 19:30h
Palmeiras 1 x 0 Portuguesa Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Público: 9.984
Renda: R$ 358.567,50
Árbitro: Vinícius Furlan (SP)
Juninho (03) do 2ºt
Gol
Fernando PrassCapitão; Wendel, Lúcio11'2ºt, Marcelo Oliveira e Juninho44'2ºt; Eguren13'1ºt, Wesley e Mendieta (34'2ºtFrança); Patrick Vieira (25'2ºtRodolfo), Vinícius (19'2ºtBruno César) e Alan Kardec.
Técnico: Gilson Kleina
Gledson; Régis, Diego Augusto, Wagner e Bryan; Renan21'2ºt, Diego Silva (14'2ºtCoutinho), Willian Magrão15'2ºt (34'2ºtLaércio) e Rondinelly09'2ºt (18'2ºtGabriel Xavier); Henrique04'2ºt e Leandro Banana.
Técnico: Argel Fucks


Curiosidades

No primeiro confronto entre os times, nenhum dos dois tinham o atual nome, a Portuguesa se fundiu ao Mackenzie para poder participar do Paulista de 1921.


Maiores Goleadas

O Palmeiras goleou a Portuguesa por 7x2 pelo Paulista de 1927 e por 6x1 pelo Paulista de 1928.
A Portuguesa goleou o Palmeiras por 6x3 pelo Rio-São Paulo de 1959.


Placares

O placar de 1x0 aconteceu 37 vezes, seguido do 2x1 que ocorreu em 36 jogos.
Já as goleadas por três ou mais gols de diferença ocorreram em 49 oportunidades.


Maiores Tabus

Maior tabu Palmeiras: 19 jogos (1968-1973)
Maior tabu Portuguesa: 7 jogos (1964-1966)
Maior série de vitórias do Palmeiras: 9 jogos (1923-1928)
Maior série de vitórias do Portuguesa: 4 jogos (1990-1991)


Maior Público




Quem Mais Jogou

Jogos
Jogador(es)




Jogos

Todos os jogos contra a Portuguesa


Artilheiros

Gols
Artilheiro(s)
15 Heitor
12 César Maluco
10 Lima
9 Ademir da Guia
Mazzola
8 Echevarrieta
Jorge Mendonça
7 Canhotinho
Carrone
Humberto Tozzi
Jair Rosa Pinto
Jorginho Putinatti
Lara
Leivinha
Romeu Pellicciari
6 Américo Murolo
Imparato III
Luizinho Mesquita
Ministrinho
Rodrigues Tatu
Waldemar Fiúme
5 Liminha
Renato
Servílio
4 Aquiles
Betinho
Cabeção
Edmundo
Edu Manga
Evair
Imparato
Miguelzinho
Nei
Osses
Rinaldo
Tupãzinho
Villadoniga
3 Artime
Bóvio
Caxambú
Jaime
Luizão
Paulinho
2 Ademar Pantera
Alex Alves
Alex Mineiro
Alexandre
Amílton Rocha
Amorim
Arce
Barbosa
Baroninho
Barrilote
Canhoto
César
Del Nero
Edílson
Edu Bala
Federici
Gabardo
Galeano
Géo
Ivan
Keirrison
Kléber
Lula
Martinelli
Mirandinha
Reinaldo Xavier
Romeiro
Ronaldo
Sbrighi
Tedesco
Toninho
Vavá
Zé Mário
Zinho

Ferramentas pessoais