Porcopedia:Curiosidade/Setembro 2011

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

No dia 8 de agosto de 1961, chegou ao Palmeiras diretamente do Bangu, aos 19 anos, um jogador que se transformaria em um dos maiores ídolos do clube, Ademir da Guia. Na época, o treinador Fleitas Solich disse que o preço pago por Ademir era de uma única perna dele. E afirmou que o filho de Domingos da Guia seria o melhor meia armador do Brasil. De fato, para uma grande maioria, foi realmente o jogador com maior regularidade do futebol brasileiro. Na época, Ademir quase ficou no Santos mas voltou ao Bangu. A imprensa chegou a "colocá-lo" no Fluminense, mas acabou acertando com o Palmeiras.


Ademir da Guia, nascido no Rio de Janeiro em 3 de abril de 1942, é um dos maiores ídolos da história do Palmeiras e foi titular absoluto por mais de dezesseis anos. Considerado pela crítica como um dos melhores jogadores do futebol brasileiro de todos os tempos, pela classe com que jogava, herdou o apelido de seu pai, o zagueiro Domingos da Guia, e passou a ser chamado de "Filho do Divino". O filho do Divino virou Divino para a torcida palmeirense.


  • O valor do craque: 4 milhões de cruzeiros mais um confronto entre Palmeiras x Bangu, com a renda para o Bangu.
  • O que Ademir ganhou na transferência: Entre Luvas e Prêmiações, somou-se Cr$ 1.840.000,00 (desse valor, 300.000,00 foi premiação dado pelo Bangu, pelos serviços prestados) e salário de Cr$ 35.000,00.
  • Duração de contrato: 2 anos.


Veja os jornais da época:


Arquivo:Jornal2_Ademir_da_Guia.jpg


Arquivo:Jornal_Ademir_da_Guia.jpg
Foto: site Palestrinos

<- Voltar para o Arquivo de Curiosidades

Ferramentas pessoais