Mundial (Copa Rio)

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

A Copa Rio foi uma competição internacional de clubes de futebol disputada por 2 anos seguidos, no Brasil, durante o começo da década de 1950, mais precisamente nos anos de 1951 e 1952.

A Copa Rio teve a sua importância histórica em virtude da primeira tentativa de organizar-se um campeonato de abrangência mundial, antes mesmo da Libertadores e da Liga dos Campeões. Na primeira edição, comprovada pelo dossiê preparado pelo Palmeiras, a FIFA acompanhou atentamente o torneio, mandando o seu secretário geral e vice-presidente Ottorino Barassi, que, em parceria com a CBD, organizou a competição, além de indicar os árbitros, sendo que na final contou com a presença de Ottorino Barassi para a entrega da Taça. Apesar de não ser oficializada pela FIFA, a entidade a considera um mundial em sua época.

A competição carregou o nome de Copa Rio, pois foi patrocinada pela Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro e organizada pela CBD, em uma iniciativa para tentar reavivar o interesse do público brasileiro pelo futebol, devido ao total desânimo pela perda da Copa do Mundo de 1950 pela Seleção Brasileira em pleno Maracanã diante do Uruguai.

A primeira edição da Copa Rio, em 1951, foi vencida pelo Palmeiras. O Fluminense sagrou-se campeão do torneio em 1952, no segundo e último ano em que a competição foi disputada. No ano seguinte, a competição ganhou novo formato e nome: Torneio Octogonal Rivadavia Corrêa Meyer, um novo torneio em homenagem ao presidente da CBD, com outros patrocinadores e personalidade jurídica própria,que foi vencido pelo Vasco da Gama.

Desde 2001, dirigentes do Palmeiras solicitavam à FIFA, por meio de um extenso dossiê, que o clube brasileiro fosse reconhecido como a primeira equipe campeã mundial. Mas, em 2007, a entidade máxima do futebol vetou o pedido, depois de tê-lo aceito em primeira instância.


Todos os Anos

Ferramentas pessoais