Miguel Ángel Borja Hernández

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

MIGUEL BORJA
Miguel Borja
Informações pessoais
Nome Completo Miguel Ángel Borja Hernández
Nascimento 26 de janeiro de 1993
Tierralta Colômbia
Altura 1,83 m
Peso 77 Kg
Destro
Apelido Borja
Informações profissionais
Clube atual Palmeiras Palmeiras
Número 9
Posição Atacante
Estreia Palmeiras 4x1 Ferroviária (25/02/2017) 26'
Último jogo Palmeiras 0x1 Atlético-PR (06/08/2017) 98'
Situação Atleta do Palmeiras
Término do Contrato 15/02/2019
Clubes de juventude
2010-2011 Colômbia Deportivo Cali
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (gols)
2011 Colômbia Deportivo Cali Deportivo Cali 1 (0)
2011 Colômbia Cúcuta Deportivo 5 (0)
2012-2013 Colômbia Cortuluá 42 (10)
2013 Colômbia La Equidad 2 (4)
2013-2014 Itália Livorno Livorno 8 (0)
2015 Argentina Olimpo 16 (3)
2015 Colômbia Santa Fe Santa Fe 49 (10)
2016 Colômbia Cortuluá 25 (22)
2016 Colômbia Atlético Nacional Atlético Nacional 27 (17)
2017 Palmeiras Palmeiras 30 (7)
Seleção nacional
Anos Seleção Jogos (gols)
2013 Seleção Colombiana Seleção Colombiana Sub-20
2016 Seleção Colombiana Seleção Colombiana Sub-23 3 (0)
2016-2017 Seleção Colombiana Seleção Colombiana 3 (0)
Títulos
Anos Clubes Campeonato
2013 Seleção Colombiana Seleção Colombiana Sub-20 Sul-Americano Sub-20
2015 Colômbia Santa Fe Santa Fe Copa Sul-Americana
2015 Colômbia Santa Fe Santa Fe Colômbia Superliga Colombiana
2016 Colômbia Atlético Nacional Atlético Nacional Colômbia Copa Colômbia
2016 Colômbia Atlético Nacional Atlético Nacional Libertadores

Miguel Ángel Borja Hernández, mais conhecido como Miguel Borja (Tierralta, 26 de janeiro de 1993), é um futebolista colombiano que atua como atacante.

Tabela de conteúdo

Biografia

Miguel Borja iniciou sua carreira nas divisões de base do Deportivo Cali em 2011 debutou como profissional jogando apenas um jogo. Mas como o time contava com bons jogadores ofensivos, o atacante acabou dispensado. No 2º semestre foi emprestado ao Cúcuta Deportivo, a pedido do treinador Jaime de la Pava, mas acabou jogando apenas 5 partidas sem anotar nenhum gol.

Em 2012 se transferiu para o Curtuluá onde conseguiu uma sequência de jogos. Nesse ano fez 27 jogos e 4 gols e no ano seguinte 6 gols em 15 jogos. A evolução foi notada por times europeus e La Equidad, que foi a ponte para o Livorno.

Em 2013 uma breve passagem pelo La Equidad de Bogotá. Apenas 2 jogos balançando as redes 4 vezes (2x2 no empate com o Once Caldas e 5x2 na vitória sobre o Boyacá Chicó). No mesmo ano Borja se transferiu para o Livorno assinando por 5 temporadas mas a passagem pela Europa não foi muito feliz. De acordo com o jornalista italiano Alex Milone, da TV MediaSet Premium, o desempenho de Borja não correspondeu às expectativas: "Imaturo na época, em que tinha 20 anos, talvez seu estilo de jogo não tenha sido bem concebido ao futebol italiano", disse. Durante sua passagem, o atacante foi dirigido pelos treinadores Davide Nicola e Domenico di Carlo. Segundo Jaime de la Pava, o colombiano foi "preterido, além de ter sofrido um problema de xenofobia".

Em 2015 o atacante chegou ao Olimpo de Bahía Blanca, junto com seu companheiro de seleção Sub-20, Mauricio Cuero. Ambos vieram a pedido do técnico Walter Perazzo para cobrir a saída do também colombiano Jose Adolfo Valencia. Em 16 jogos anotou 3 gols. O mais importante contra o River Plate, que tirou as chances dos Millonarios de chegar ao título. Ainda em 2015 o atleta voltou ao seu país para atuar no Independiente Santa Fe. Lá voltou a ter uma sequência mas com a chegada de Gerardo Pelusso começou a perder espaço no time. Caiu em desgraça com a torcida após desperdiçar um pênalti nas quartas de final da Liga Águilla diante do Junior Barranquilla, quando a partida estava 2x1 para o adversário. Ao terminar com derrota por 3x1, o Independiente Santa Fe foi eliminado e a permanência do atacante em Bogotá ficou praticamente insustentável.

Em 2016 voltou ao Curtuluá para trabalhar com o treinador Jaime de la Pava e a boa fase voltou. Fez 22 gols em 25 jogos e atraiu os olhares do Atlético Nacional de Medellín. Em sua estreia, em julho, marcou 2 gols contra o São Paulo pela semifinal da Libertadores. Foi campeão e artilheiro do time no torneio com 5 gols em 4 jogos. Em outubro fez 3 gols contra o Coritiba, assegurando a vaga à semifinal da Copa Sul-Americana. Nesse ano foi escolhido como melhor jogador da América pelo jornal El País do Uruguai e o melhor jogador do futebol colombiano.

Fonte: | Esporte Interativo.


No dia 2 de fevereiro de 2017, depois de uma longa novela, | Borja foi anunciado como novo reforço do Palmeiras.


Seleção Colombiana

Em 2013 foi convocado para o Sul-Americano Sub-20 realizado em Mendoza onde se sagrou campeão e fez 3 gols no torneio (todos na goleada sobre a Bolívia por 6x0, na 1ª fase). Ainda em 2013 foi vice campeão do Torneio Internacional de Toulon marcando 2 gols. Jogou o Mundial Sub-20 realizado na Turquia, caindo com a Seleção nas 8ªs de final, nos pênaltis, contra a Coréia do Sul.

Em agosto de 2016 disputou os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro com a Seleção Sub-23, atuando em 3 partidas sem anotar gols.

No dia 4 de novembro de 2016 o técnico Jose Pekerman convocou Miguel Borja pela primeira vez, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa da Rússia 2018, contra Chile e Argentina. Estreou pela Seleção dia 10 de novembro no empate sem gols contra o Chile, em Barranquilla. Borja entrou como titular e foi substituído no intervalo por Falcao García. Na derrota por 3x0 contra a Argentina, em San Juan, o atacante ficou no banco. No dia 25 de janeiro de 2017 Borja jogou no amistoso contra o Brasil no Engenhão, no chamado Jogo da Amizade, com a renda destinada à Chapecoense.



Estatísticas no Palmeiras

Por ano

Ano Jogos Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
2017 30 7 7 0
Total 30 7 7 0


Por campeonatos

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
Libertadores 7 4 1 2 0 1 0
Brasileiro 11 6 2 3 3 3 0
Copa do Brasil 4 1 2 1 0 1 0
Paulista 8 7 0 1 4 2 0
Total 30 18 5 7 7 7 0


Geral

Ano Campeonatos Jogos Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos Minutos Jogados Jogou 90min Substituído
2017 Paulista 8 4 2 0 491' 1 7
2017 Libertadores 7 0 1 0 537' 2 5
2017 Brasileiro 11 3 3 0 580' 3 8
2017 Copa do Brasil 4 0 1 0 253' 1 3
Total 30 7 7 0 1759' 7 23


Clássicos

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Saldo de Vitórias
1 0 0 1 0 -1
Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Saldo de Vitórias
1 1 0 0 0 +1
Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Marcados Saldo de Vitórias
2 1 0 1 0 0


Jogos


Elenco atual do Palmeiras

1 Fernando Prass • 2 Jean • 3 Edu Dracena • 4 Juninho • 5 Arouca • 6 Egídio • 7 Dudu • 8 Tchê Tchê • 9 Miguel Borja • 10 Moisés • 11 Zé Roberto • 12 Mayke • 13 Luan • 14 Jailson • 15 Michel Bastos • 16 Deyverson • 17 Erik • 18 Alejandro Guerra • 19 Bruno Henrique • 20 Raphael Veiga • 21 Thiago Santos • 22 Fabiano • 23 Roger Guedes • 25 Antônio Carlos • 26 Yerry Mina • 27 Keno • 28 Hyoran • 29 Willian • 30 Felipe Melo • 31 Thiago Martins • 37 Vitinho • 42 Vinícius Silvestre • 45 Gabriel Furtado • 49 Matheus Iacovelli • 51 Daniel Fuzato • Treinador: Cuca

Ferramentas pessoais