Libertadores 2000 - Palmeiras 6(5) x (4)6 Corinthians

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Em 2000, pela Taça Libertadores da América, o Palmeiras pega o Corinthians na semifinal, pelo segundo ano seguido. As duas equipes se enfrentariam no mata-mata, já que em 1999 os dois se enfrentaram nas quartas-de-finais. Foi uma grande partida.

O duelo vencido novamente nos pênaltis pelo Palmeiras. O novo confronto na Libertadores, era visto como uma forma de revanche corinthiana sobre seu arquirrival, em relação ao mata-mata do ano anterior.

A primeira partida das semifinais da Libertadores de 2000 foi jogada no Morumbi em 30/05, terça-feira às 21h40. O Corinthians venceu o Palmeiras por 4 a 3. Um gol salvador de Vampeta nos últimos minutos encheram os corinthianos de esperanças.

A segunda e decisiva partida, também disputada no Morumbi no dia 06/06, uma terça-feira às 21h40, foi emocionante. Houveram duas viradas de placar. O Palmeiras fez 1 x 0 com o atacante Euller. O Corinthians virou com dois gols de Luizão. Mas o Palmeiras virou novamente o placar em 3 x 2, com gols de Alex e Galeano.

Com a igualdade no saldo de gols, novamente, a classificação seria definida nos pênaltis. O Palmeiras marcou as cinco cobranças, enquanto o Corinthians viu sua última cobrança ser defendida pelo goleiro Marcos, pelo cobrador Marcelinho Carioca, ídolo corintiano.


Primeiro Jogo - Corinthians 4 x 3 Palmeiras

Palmeiras: Marcos; Neném, Argel, Roque Júnior e Júnior; César Sampaio, Galeano, Rogério (Marcelo Ramos) e Alex; Euller e Pena
Técnico: Luiz Felipe Scolari


Corinthians: Dida; Daniel (Índio), Fábio Luciano, Adílson e Kléber (Édson); Vampeta, Edu, Ricardinho e Marcelinho Carioca; Edílson e Luizão (Dinei)
Técnico: Oswaldo de Oliveira


Local: Morumbi
Árbitro: Edílson Pereira de Carvalho
Assistentes: Válter J. Reis e Ednílson Corona

Gols:
1º tempo: Ricardinho (14'), Junior (39') e Marcelinho Carioca (45')
2º tempo: Edílson (10'), Alex (30'), Euller (37') e Vampeta (45').


Segundo Jogo - Palmeiras 3 x 2 Corinthians

Palmeiras: Marcos; Rogério, Argel, Roque Júnior e Júnior; César Sampaio (Tiago), Galeano e Alex; Pena (Luiz Cláudio), Marcelo Ramos e Euller (Asprilla)
Técnico: Luiz Felipe Scolari


Corinthians: Dida; Daniel (Índio), Fábio Luciano, Adílson e Kléber; Vampeta, Edu, Ricardinho e Marcelinho; Edílson e Luizão (Dinei)
Técnico: Oswaldo de Oliveira


Local: Morumbi
Árbitro: Edílson Pereira de Carvalho
Assistentes: Válter J. Reis e Ednílson Corona

Gols:
1º tempo: Euller (34') e Luizão (39')
2º tempo: Luizão (07'), Alex (14') e Galeano (26').

Penaltis (5 x 4):
Palmeiras: Marcelo Ramos, Roque Júnior, Alex, Asprilla e Júnior marcaram;
Corinthians: Ricardinho, Fábio Luciano, Edu e Índio marcaram; Marcelinho Carioca perdeu.

Ferramentas pessoais