Francisco Javier Arce Rolón

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

ARCE
Arce
Informações pessoais
Nome Completo Francisco Javier Arce Rolón
Data de nasc. 02 de Abril de 1971
Local de nasc. Paraguarí, Paraguai
Altura 1,78 m
Peso 73 Kg
Destro
Informações profissionais
Clube atual Rubio Ñu
Posição Treinador (ex-Lateral-Direito)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (gols)
1989-1994 Cerro Porteño
1995-1997 Grêmio 134 (25)
1998-2002 Palmeiras 315 (57)
2003 Gamba Osaka 16 (1)
2004-2005 Libertad
2004 12 de Octubre
Clubes que treinou
Anos Clubes Jogos
2009 Rubio Ñu
Seleção nacional
Anos Seleção Jogos (gols)
1995-2002 Paraguai
Títulos
Anos Clubes Campeonato
1991-92-94 Cerro Porteño Paraguaio
1995-96 Grêmio Gaúcho
1995 Grêmio Libertadores
1996 Grêmio Recopa Sulamericana
1996 Grêmio Brasileiro
1997 Grêmio Copa do Brasil
1998 Palmeiras Copa do Brasil
1998 Palmeiras Mercosul
1999 Palmeiras Libertadores
2000 Palmeiras Rio-São Paulo
2000 Palmeiras Copa dos Campeões

Francisco Javier Arce Rolón, de Paraguarí, nascido em 02 de abril de 1971, é um ex-futebolista paraguaio. Jogador que começou sua trajetória no futebol de seu país, na equipe do Club Cerro Porteño (1989-1994).

Biografia

Em 1995 foi contratado pelo Grêmio, onde tornou-se multicampeão junto com sua equipe, na qual venceram a Taça Libertadores da América de 1995, o Campeonato Brasileiro de 1996,recopa sulamericana de 1996, a Copa do Brasil de 1997 entre os títulos regionais e o Vice Mundial Interclubes de 1995, como um grande lateral direito da equipe dos pampas, sob a orientação do treinador Luiz Felipe Scolari,

Em 1997, Felipão levou Arce junto consigo para o Palmeiras, onde também foi multicampeão: venceram a Copa do Brasil de 1998, Mercosul de 1998 e a Taça Libertadores da América de 1999, sendo de novo Vice Mundial de interclubes de 1999.

Em 2002 deixou a equipe do Palmeiras e foi jogar no futebol japonês, na equipe do Gamba Osaka. Jogou também pelo Club Libertad, do seu país. Em 2006, largou a carreira de jogador de futebol e deve virar treinador. Seu jogo de despedida aconteceu em Paraguarí, a 62 quilômetros da capital paraguaia, Assunção. O jogo amistoso contou com jogadores como Bobadilla e Gamarra, entre outros.

Pela seleção do Paraguai, Arce disputou a Olimpíada de Barcelona em 1992, na qual ele diz que foi um de seus melhores momentos na carreira.

Disputou também duas Copas do Mundo, em 1998 e 2002. É um dos maiores ídolos do futebol paraguaio ao lado de Gamarra e Chilavert.

Depois de se aposentar como jogador de futebol, Arce tornou-se treinador equipe paraguaia Club Rubio Ñu.


Estatísticas no Palmeiras

Ano Campeonatos Jogos Gols Marcados Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
1999 Libertadores
Total

Ferramentas pessoais