Fichas Copa Libertadores da América 1961

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Jogo 1.891
Final (Volta)
11 de junho de 1961
Palmeiras 1 x 1 Peñarol Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Público: n/d
Renda: Cr$ 8.522.710,00
Árbitro: Jose Praddaude (ARG)
Nardo (24) do 2ºt
Gol Sasía (05) do 1ºt
Valdir de Moraes; Djalma Santos, Valdemar Carabina e Geraldo Scotto; Zequinha e Aldemar; Julinho Botelho, Romeiro (Nardo), Geraldo II, Chinesinho e Gildo.
Técnico: Armando Renganeschi
Maidana; González, Willian Martínez e Aguirre; Matosas e Cano; Cubilla, Ledesma, Sasía, Spencer e Joya.
Técnico: Roberto Scarone
Jogo 1.890
Final (Ida)
4 de junho de 1961
Peñarol 1 x 0 Palmeiras Estádio: Centenário, Montevidéu (URU)
Público: n/d
Renda: Uyu$ 522.150,00
Árbitro: Jose Praddaude (ARG)
Spencer (45) do 2ºt
Gol
Maidana; González, William Martínez e Aguirre; Matosas e Cano; Cubilla, Ledesma, Spencer, Sasía e Joya.
Técnico: Roberto Scarone
Valdir de Moraes; Djalma Santos, Valdemar Carabina e Geraldo Scotto; Zequinha e Aldemar; Julinho Botelho, Humberto Tozzi, Geraldo II, Chinesinho e Romeiro.
Técnico: Armando Renganeschi
Jogo 1.889
Semifinal (Volta)
28 de maio de 1961
Palmeiras 4 x 1 Independiente Santa Fe Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Público: 35.267
Renda: Cr$ 4.460.100,00
Árbitro: Ovidio Orrego (COL)
Romeiro (03) do 1ºt
Romeiro (33) do 1ºt
Humberto Tozzi (44) do 1ºt
Humberto Tozzi (25s) do 2ºt
Gol Moturo (14) do 2ºt
Valdir de Moraes; Djalma Santos, Valdemar Carabina e Geraldo Scotto; Zequinha e Aldemar; Julinho Botelho, Romeiro, Geraldo II (Humberto Tozzi), Chinesinho e Gildo.
Técnico: Armando Renganeschi
Pacheco; Milne, Aponte e Silva; Rodríguez e Tovar; Moturo, Castro, Panzuto, Peerazzo e González.
Técnico: n/d
Jogo 1.888
Semifinal (Ida)
21 de maio de 1961
Independiente Santa Fe 2 x 2 Palmeiras Estádio: El Campín, Bogotá (COL)
Público: n/d
Renda: Col$ 180.000,00
Árbitro: João Etzel Filho (BRA)
Montura (07) do 1ºt
Perrazzo (32) do 2ºt
Gol Gildo (06) do 1ºt
Chinesinho (41) do 2ºt
Bevilacqua (Pacheco); Carlos Rodríguez, Milne e Tobar; Aponti e Silva; Montura, Castro (Bustamante), Panzuto, Perrazzo e González.
Técnico: n/d
Valdir de Moraes; Djalma Santos, Valdemar Carabina e Geraldo Scotto; Zequinha e Aldemar; Julinho Botelho, Romeiro, Geraldo II, Chinesinho e Gildo.
Técnico: Armando Renganeschi
Jogo 1.887
4ªs de final (Volta)
11 de maio de 1961
Palmeiras 1 x 0 Independiente Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Público: n/d
Renda: Cr$ 4.727.850,00
Árbitro: Dimas La Rosa (PAR)
Geraldo II (41) do 1ºt
Gol
Valdir de Moraes; Djalma Santos, Valdemar Carabina e Geraldo Scotto; Aldemar e Zequinha; Gildo, Julinho Botelho, Geraldo II, Chinesinho e Romeiro.
Técnico: Armando Renganeschi
Bernardico; Acevedo, Navarro e Rolán; Silveira e Maldonado; Romero, Douskas, Suárez, D'Ascenzo e Cruz.
Técnico: Oswaldo Brandão
Jogo 1.886
4ªs de final (Ida)
4 de maio de 1961
Independiente 0 x 2 Palmeiras Estádio: Juan Domingo Perón, Buenos Aires (ARG)
Público: n/d
Renda: Cr$ 2.361.030,00
Árbitro: Dimas La Rosa (PAR)

Gol Gildo (33) do 1ºt
Zequinha (10) do 2ºt
Bernardico; Acevedo, Navarro e Rolán; Silveira e Maldonado; Vázquez (Saporiti), Douskas, Suárez, D'Ascenzo e Cruz.
Técnico: Oswaldo Brandão
Valdir de Moraes; Djalma Santos, Valdemar Carabina e Geraldo Scotto; Aldemar e Zequinha; Gildo, Julinho Botelho, Geraldo II, Chinesinho e Romeiro.
Técnico: Armando Renganeschi
Ferramentas pessoais