Fernando Büttenbender Prass

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

FERNANDO PRASS
Fernando Prass
Informações pessoais
Nome Completo Fernando Büttenbender Prass
Nascimento 9 de julho de 1978
Viamão Rio Grande do Sul Brasil
Altura 1,91 m
Peso 89 kg
Destro
Apelido Fernando Prass
Informações profissionais
Clube atual Brasil Palmeiras
Número 1
Posição Goleiro
Estreia Palmeiras 0x0 Bragantino (20/01/2013)
Último jogo Palmeiras 0x1 Atlético-PR (06/08/2017) 98'
Situação Atleta do Palmeiras
Término do Contrato 31/12/2017
Clubes de juventude
Anos Clubes Jogos (gols)
1989-1998 BrasilRio Grande do Sul Grêmio
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (gols)
1999 Grêmio Grêmio
2000 São Paulo Francana 24
2001 Vila Nova Vila Nova 74 (101)
2002-2005 Coritiba Coritiba 193 (213)
2005-2008 Portugal União de Leiria 96 (113)
2009-2012 Vasco da Gama Vasco 241 (253)
2013-2017 Palmeiras Palmeiras 238 (242)
Seleção nacional
Anos Seleção Jogos (gols)
2016 Seleção Brasileira Brasil Olímpico 0 (0)
Títulos
Anos Clubes Campeonato
1999 Grêmio Grêmio Rio Grande do Sul Gaúcho
1999 Grêmio Grêmio Copa Sul
2001 Vila Nova Vila Nova Goiás Goiano
2003 Coritiba Coritiba Paraná Paranaense
2004 Coritiba Coritiba Paraná Paranaense
2009 Vasco da Gama Vasco Brasil Brasileiro B
2011 Vasco da Gama Vasco Brasil Copa do Brasil
2013 Palmeiras Palmeiras Brasil Brasileiro B
2015 Palmeiras Palmeiras Brasil Copa do Brasil
2016 Palmeiras Palmeiras Brasil Brasileiro

Fernando Büttenbender Prass, mais conhecido como Fernando Prass (Porto Alegre, 9 de julho de 1978), é um futebolista brasileiro que atua como goleiro.

Tabela de conteúdo

Biografia

A relação de Fernando com o futebol vem de berço. Seu avô, Lúcio Valdomiro, era zagueiro do Renner e alguém tinha que dar continuidade à família de "boleiros". Seu pai, apesar de não ter jogado futebol profissionalmente, sempre foi um admirador do esporte, talvez, influenciado pelo próprio Seu Lúcio. Desta forma, deu muita força para Fernando, acompanhando o filho ainda menino em excursões que o time de Viamão realizava a Buenos Aires, São Paulo e Rio de Janeiro.

A baixa estatura que tinha era um desafio para se tornar goleiro. Em seus primeiros jogos, Fernando atuou como meio campo, mas para a sorte do futebol brasileiro, ele fez a opção certa. Aos nove anos de idade, assumia a posição de goleiro da equipe de Viamão. Aos 13 anos, Fernando ia descobrindo talento também em outros esportes como o vôlei, basquete, surf e o tênis. Mas a definição pelo futebol aconteceu quando foi chamado para treinar no Grêmio, ainda com 13 anos.

O interesse dos gremistas surgiu quando dirigentes das categorias de base do tricolor gaúcho o viram atuando no Moleque Bom de Bola, campeonato que acontecia anualmente nas praias do Rio Grande do Sul. No Grêmio, Fernando passou por todas as categorias, até chegar no profissional, em 1999, quando disputou alguns amistosos. Nesta época, mesmo tendo certeza de que seria jogador de futebol, Fernando cursou dois anos de Educação Física no Instituto Porto-Alegrense.

Fernando teve que largar a faculdade quando deixou o Olímpico para se firmar nos gramados. Em 2000, disputou o campeonato paulista pela Francana. Durante os seis meses em que defendeu o clube, o goleiro foi visto fazendo partidas memoráveis. Em uma delas, foi observado pelo então técnico do Santo André, o uruguaio Sérgio Ramirez que, no ano seguinte, o chamaria para defender a equipe do Vila Nova-GO. Na equipe goiana, Fernando experimentou o título de "ídolo da torcida".

Em um ano e meio, foi um dos principais jogadores, ajudando o clube a conquistar o vice-campeonato da Copa Centro-Oeste, sendo o goleiro menos vazado no título do Campeonato Goiano de 2001 - façanha que o Vila Nova não conquistava há seis anos.

Em 2002, Fernando chegou no Coritiba - novamente indicado por Sérgio Ramirez, que acabava de assumir como supervisor do clube. Estreou no gol do Coritiba na temporada de 2002 com uma vitória de 3 a 2 sobre o Mamoré, em Minas Gerais, pela Copa Sul-Minas.

Foi o goleiro menos vazado do Campeonato Paranaense em 2002/03/04. Em 2003/04 foi bi-campeão Estadual com apenas uma derrota nos dois anos. Fez 211 jogos pelo Coritiba e se tornou um dos principais goleiros da história do clube.

Em 2004, Fernando realizava o sonho de jogar na Europa transferindo para o União Leiria, de Portugal. No primeiro ano teve que brigar pela titularidade. Mas assim que assumiu a condição de titular foi conquistando seu espaço e chegou a ser o principal jogador do clube. Foi eleito o melhor goleiro do Campeonato Português na temporada 2006/07 pelo tradicional jornal A Bola e ajudou a classificar o time para a Copa UEFA.

O desejo de voltar ao Brasil começou a falar alto e a oportunidade de atuar no Vasco da Gama caiu como uma luva em sua carreira. Em um dos maiores clubes do Brasil, Fernando teve a oportunidade de mostrar seu trabalho e ser reconhecido com defesas importantes que ajudaram na ascensão do Vasco à primeira divisão do futebol brasileiro e a conquista do time cruzmaltino da Copa do Brasil.

Em 11 de dezembro de 2012, Fernando Prass foi anunciado como a nova contratação do Palmeiras.

Sua estreia aconteceu no dia 20 de janeiro de 2013, em partida válida pelo Campeonato Paulista contra o Bragantino, no Pacaembu.

"Eu sei dessa tradição que o Palmeiras tem (em formar goleiros), já li muita coisa a respeito e sou conhecedor dessas referências, até pelos grandes goleiros que passaram por aqui. Mas não é nada anormal contratar um goleiro, apesar de ter uma escola muito boa. Eu venho para trabalhar com o grupo e somar com as qualidades de quem está aqui. Vou aprender com muitos (atletas) que estão aqui e vou ensinar também."


Fonte: | Site oficial de Fernando Prass


Fernando Prass foi eleito pela FPF o goleiro da seleção do Campeonato Paulista 2014.

No dia 4 de maio de 2014, durante a partida contra o Flamengo, pela 3ª rodada do Brasileiro, Fernando Prass fraturou o cotovelo direito. Prass foi submetido a uma cirurgia e desfalcou o time por aproximadamente 5 meses. O goleiro voltou aos gramados no dia 8 de outubro, em jogo válido pela 27ª rodada do Brasileiro.

Em 2015 Prass foi um dos heróis do título da Copa do Brasil defendendo pênaltis na semifinal e final e marcando na cobrança decisiva da final. Seu contrato foi renovado por mais 2 anos.

No dia 29 de junho de 2016 Fernando Prass e o atacante Gabriel Jesus foram convocados pelo técnico Rogério Micale para a disputa dos Jogos Olímpicos do Rio, na busca da inédita medalha de ouro. Fernando Prass é o jogador brasileiro mais velho a jogar pela seleção olímpica de futebol a jogar uma Olimpíada e foi um dos 3 jogadores acima de 23 anos convocado permitido pelo regulamento. Douglas Costa (25 anos) do Bayern de Munique e Neymar (24) do Barcelona foram os outros acima de 23 convocados.

No dia 31 de julho de 2016 Fernando Prass sofreu uma fratura no cotovelo direito enquanto treinava com a Seleção Olímpica para as Olimpíadas e acabou cortado pelo técnico Rogério Micale. O goleiro foi operado no dia 3 de agosto.

No dia 27 de novembro Prass retornou ao gol no jogo que deu o 9º título brasileiro ao Palmeiras. Cuca fez, como forma de homenagear os dois goleiros, a substituição de Prass por Jaílson aos 44' do 2º tempo, na vitória por 1x0 sobre a Chapecoense.


Estatísticas no Palmeiras

Por ano

Ano Jogos Gols Sofridos Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
2013 55 51 2 0
2014 32 32 2 0
2015 68 75 7 0
2016 41 41 4 0
2017 42 43 4 0
Total 238 242 19 0


Por campeonatos

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Sofridos Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
Libertadores 19 9 3 7 23 4 0
Brasileiro 82 36 14 32 100 5 0
Copa do Brasil 18 11 3 4 21 4 0
Brasileiro B 29 20 7 2 22 1 0
Paulista 84 51 14 19 73 5 0
Copa Antel 2 1 1 0 0 0 0
Amistosos 4 2 2 0 3 0 0
Total 238 130 44 64 242 19 0


Geral

Ano Campeonatos Jogos Gols Sofridos Cartões Amarelos Cartões Vermelhos
2013 Paulista 18 21 0 0
2013 Libertadores 6 5 1 0
2013 Brasileiro B 29 22 1 0
2013 Copa do Brasil 2 3 0 0
2014 Paulista 16 11 0 0
2014 Copa do Brasil 1 0 0 0
2014 Brasileiro 15 21 2 0
2015 Amistosos 2 2 0 0
2015 Paulista 18 12 3 0
2015 Copa do Brasil 12 13 2 0
2015 Brasileiro 36 48 2 0
2016 Copa Antel 2 0 0 0
2016 Paulista 17 19 1 0
2016 Libertadores 6 8 2 0
2016 Brasileiro 16 14 1 0
2017 Amistosos 2 1 0 0
2017 Paulista 15 10 1 0
2017 Libertadores 7 10 1 0
2017 Brasileiro 15 17 0 0
2017 Copa do Brasil 3 5 2 0
Total 238 242 19 0


Clássicos

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Sofridos Saldo de Vitórias
11 3 5 3 13 0
Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Sofridos Saldo de Vitórias
14 4 4 6 16 -2
Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Sofridos Saldo de Vitórias
10 5 2 3 6 +2


Elenco atual do Palmeiras

1 Fernando Prass • 2 Jean • 3 Edu Dracena • 4 Juninho • 5 Arouca • 6 Egídio • 7 Dudu • 8 Tchê Tchê • 9 Miguel Borja • 10 Moisés • 11 Zé Roberto • 12 Mayke • 13 Luan • 14 Jailson • 15 Michel Bastos • 16 Deyverson • 17 Erik • 18 Alejandro Guerra • 19 Bruno Henrique • 20 Raphael Veiga • 21 Thiago Santos • 22 Fabiano • 23 Roger Guedes • 25 Antônio Carlos • 26 Yerry Mina • 27 Keno • 28 Hyoran • 29 Willian • 30 Felipe Melo • 31 Thiago Martins • 37 Vitinho • 42 Vinícius Silvestre • 45 Gabriel Furtado • 49 Matheus Iacovelli • 51 Daniel Fuzato • Treinador: Cuca

Ferramentas pessoais