Cruzeiro

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Tabela de conteúdo

Clube

Nome do Clube: Cruzeiro Esporte Clube
Cidade: Belo Horizonte Minas Gerais Brasil
Data de Fundação: 2 de janeiro de 1921
Estádio:
Mando: Mineirão
Site: http://www.cruzeiro.com.br/
História: O Cruzeiro Esporte Clube surgiu de um antigo sonho da colônia italiana de Belo Horizonte de fundar uma associação esportiva que a representasse. Em dezembro de 1920, aproveitando a presença do cônsul da Itália em Belo Horizonte, vários desportistas da colônia resolveram levar a idéia da criação de um clube de futebol. No dia 2 de janeiro de 1921, foi fundado oficialmente a Societá Sportiva Palestra Italia. As cores adotadas pelo Palestra foram as mesmas da bandeira italiana e o primeiro uniforme do Clube foi camisa verde, calção branco e meias vermelhas, com detalhes em branco e verde. O primeiro jogo do Palestra aconteceu no dia 3 de abril de 1921, no estádio do Prado Mineiro, vitória por 2 a 0 contra um combinado formado por jogadores de dois times de Nova Lima (Villa Nova e Palmeiras). Porém, a primeira apresentação oficial da nova equipe ao público foi em um jogo contra o Atlético-MG, vitória Palestrina por 3 a 0. Em 1925, ocorreu a extinção da cláusula do estatuto que impedia a participação de atletas de outras nacionalidades no time do Palestra. Outra modificação feita foi o aportuguesamento do nome do Clube que passou a se chamar Sociedade Sportiva Palestra Itália. Em 30 de janeiro de 1942, em plena 2ª Guerra Mundial, o governo brasileiro, através de um decreto lei, proibiu do uso de termos e denominações referentes às nações inimigas. Neste dia, o Palestra Itália passou a se chamar Palestra Mineiro. A idéia de transformar a equipe em uma entidade totalmente brasileira só foi concretizada em 29 de setembro de 1942, quando a diretoria aprovou uma nova mudança no nome do Clube, que passou a se chamar Ypiranga. No entanto, o time atuou com este nome em apenas uma partida. Finalmente, no dia 7 de outubro de 1942, em uma reunião entre sócios e dirigentes, foi aprovado o novo nome: Cruzeiro Esporte Clube. Uma homenagem ao símbolo maior da pátria, a constelação do Cruzeiro do Sul, o nome do time foi sugerido pelo ex-presidente do Clube, Oswaldo Pinto Coelho.


Estatísticas

Retrospectos

Geral

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Palmeiras x Cruzeiro 87 31 24 32 130 123 -1


Por Torneios

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Libertadores 4 1 2 1 8 7 0
Sul-Americana 1 0 0 1 0 1 -1
Brasileiro 52 15 16 21 65 71 -6
Copa do Brasil 6 3 1 2 9 7 +1
Mercosul 11 5 2 4 19 18 +1
Roberto Gomes Pedrosa 6 3 2 1 10 7 +2
Copa dos Campeões 2 1 1 0 4 2 +1
Amistosos 3 3 0 0 12 5 +3


Por Mando

Como Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Mandante 45 22 12 11 87 59 +11
Visitante 40 8 11 21 39 62 -13
Neutro 2 1 1 0 4 2 +1


Por Estádios

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Mineirão 32 6 9 17 28 49 -11
Palestra Itália 30 15 6 9 61 43 +6
Pacaembu 10 4 4 2 19 14 +2
Independência 3 0 0 3 2 6 -3
Allianz Parque 2 1 1 0 3 2 +1
Arena da Fonte Luminosa 2 1 1 0 2 0 +1
Arena do Jacaré 2 0 1 1 2 3 -1
Barro Preto 2 2 0 0 7 4 +2
Almeidão 1 1 0 0 3 1 +1
Ipatingão 1 0 1 0 0 0 0
Morumbi 1 1 0 0 2 0 +1
Rei Pelé 1 0 1 0 1 1 0
Última Atualização: 14 de outubro de 2016


Primeiro Jogo

Em Belo Horizonte

Palestra Itália-MG 2 x 4 Palestra Itália
Palestra Itália-MG: Catalano; Rizzo e Nereu; Bento, Pires e Nininho; Piorra, Ninão, Carazo, Bengala e Armandinho. Técnico: Matturio Fabbi
Palestra Itália: Russo; Loschiavo e Nigro; Giglio, Goliardo e Serafini; Ministrinho, Carrone, Heitor, Lara e Osses. Técnico: Humberto Cabelli
Gols: Lara (07') e Carrone (38') do 1º tempo; Heitor (12'), Ministrinho (39'), Ninão e Bengala do 2º tempo


Em São Paulo

Palestra Itália 5 x 1 Palestra Itália-MG
Juíz: Attilio Grimaldi
Palestra Itália: Jurandyr; Carnera e Begliomini; Tunga, Dudu e Del Nero; Novamanoel, Luizinho, Moacyr, Rolando e Imparato. Técnico: Matturio Fabbi
Palestra Itália-MG: Geraldo II; Tião e Tueu; Carazo, Chiquito e Zama; Orlando, Niginho, Perácio e Calixto. Técnico: Ninão.
Gols: Calixto (07') e Luizinho no 1º tempo; Luizinho (06'), Luizinho (27'), Moacyr (31') e Rolando (37') do 2º tempo


Último Jogo


Palmeiras Cruzeiro
Campeonato Brasileiro
30ª rodada
13 de outubro de 2016
5ª-feira
19h30
Palmeiras 0 x 0 Cruzeiro Estádio Arena da Fonte Luminosa, Araraquara São Paulo
Público 15.709
Renda R$ 1.242.175,00
Árbitro Jaílson Macedo Freitas Bahia
Assistentes 1 Alessandro Rocha de Matos Bahia
Assistentes 2 Carlos Berkenbrock Santa Catarina

Gol
49.Jaílson; 17.Jean, 3.Edu Dracena, 4.Vítor Hugo e 11.Zé Roberto; 21.Thiago Santos, 32.Tchê Tchê e 28.Moisés (31'2ºt29.Alecsandro); 23.Roger Guedes (12'2ºt19.Rafael Marques), 7.DuduCapitão (26'2ºt10.Cleiton Xavier) e 33.Gabriel Jesus10'2ºt.
Técnico: Cuca
Reservas 25.Vágner, 2.Fabiano, 31.Thiago Martins, 6.Egídio, 16.Fabrício, 5.Arouca, 18.Gabriel, 10.Cleiton Xavier, 15.Allione, 19.Rafael Marques, 14.Erik, 29.Alecsandro
12.Rafael; 30.Ezequiel19'1ºt, 3.Léo, 4.Bruno Rodrigo e 17.Bryan; 8.HenriqueCapitão 08'2ºt, 29.Lucas Romero, 70.Rafinha15'2ºt e 19.Robinho (38'2ºt10.Giorgian De Arrascaeta); 7.Rafael Sóbis (32'2ºt5.Ariel Cabral) e 50.Ramón Ábila26'1ºt (24'2ºt9.Willian).
Técnico: Mano Menezes
Reservas 37.Lucas França, 87.Elisson, 21.Lucas, 34.Fabrício Bruno, 5.Ariel Cabral, 33.Bruno Ramires, 88.Denílson, 10.Giorgian De Arrascaeta, 11.Alisson, 23.Élber, 25.Bruno Nazário, 9.Willian



Curiosidades

Na Copa Mercosul de 2000, o Verdão venceu o Cruzeiro no Mineirão, por 2x1, gols de Galeano e Arce, e avançou para a fase semifinal da competição.

O Palmeiras só venceu 3 vezes o Cruzeiro como visitante em 17 jogos disputados em Campeonatos Brasileiros. A primeira vitória foi em 13/02/1974, por 0x1, gol do atacante Ronaldo. Outra em 2008, também por 0x1, gol de Diego Souza. E em 2009 a vitória por 1x2.

Foi campeão da Copa do Brasil e da Mercosul em 1998 contra o time de Minas.


Maiores Goleadas

O Palmeiras goleou o Cruzeiro por 7x3 pela Mercosul de 1999 e por 4x0 pelo Brasileiro de 1997.
O Cruzeiro goleuou o Palmeiras por 5x0 pelo Brasileiro de 2007.

Placares

O placar de 2x1 é o mais comum entre Palmeiras e Cruzeiro: aconteceu 19 vezes.
Em 11 ocasiões ocorreu o placar de 2x0.
As goleadas por três ou mais gols de diferença aconteceram apenas em 6 ocasiões.


Maiores Tabus

Maior tabu Palmeiras: 6 jogos (1970-1974 e 2000-2002)
Maior tabu Cruzeiro: 5 jogos (1974-1980, 1994-1996 e 2010-2012)
Maior série de vitórias do Palmeiras: 4 jogos (2008-2009)
Maior série de vitórias do Cruzeiro: 4 jogos (2003-2005)


Maiores Públicos

  • Em Minas Gerais
  • 74.865 (13/02/1974, Mineirão)
  • 68.753 (14/06/1996, Mineirão)
  • 61.814 (26/05/1998, Mineirão)
  • 60.437 (29/10/1999, Mineirão)
  • 60.000 (30/05/2001, Mineirão)



  • Em São Paulo
  • 45.237 (30/05/1998, Morumbi)
  • 39.365 (04/06/1978, Pacaembu)
  • 32.988 (02/04/1967, Pacaembu)
  • 29.950 (22/11/1998, Palestra Itália)
  • 28.959 (29/12/1998, Palestra Itália)


Quem Mais Jogou

Jogos
Jogador(es)




Os Vira-Casacas

Todos os jogadores que atuaram pelas duas equipes

Jogos

Todos os jogos contra o Cruzeiro


Artilheiros

Gols
Artilheiro(s)
8 Paulo Nunes
4 Lopes
Oséas
3 Arce
Barcos
César Maluco
Diego Souza
Edílson
Fedato
Gabriel Jesus
Luizinho Mesquita
2 Ademir da Guia
Alex
Alex Mineiro
Alexandre
Careca Bianchesi
Dario
Euller
Evair
Galeano
Imparato
Jair Bala
Keirrison
Luan
Lucas Barrios
Pena
Roque Júnior
Tato
Viola

Ferramentas pessoais