Botafogo

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

Tabela de conteúdo

Clube

Nome do Clube: Botafogo de Futebol e Regatas
Cidade: Rio de Janeiro Rio de Janeiro Brasil
Data de Fundação: 8 de dezembro de 1942
Estádio: Estádio Mané Garrincha
Mando: Engenhão e Maracanã
Site: http://www.botafogo.com.br
História: Em 1891, sob a liderança de Luiz Caldas, foi fundado o Grupo de Regatas Botafogo. O grupo de remo ganhou esse nome em homenagem à enseada do bairro onde competiam seus barcos. Em 1 de julho de 1894 foi fundado o Club de Regatas Botafogo. O bairro de Botafogo também foi o local onde se fundou, em 12 de agosto de 1904, o Electro Club, primeiro nome dado ao Botafogo Football Club. O uniforme de listras verticais em preto e o branco também foi sugestão de Itamar Tavares, que estudara na Itália e torcia para a Juventus. O Botafogo contribuiu para a criação de um termo bastante comum nos dias atuais do esporte brasileiro, o cartola. Em 1917, os dirigentes do Botafogo trajaram-se de fraque e cartola para receber o time uruguaio do Dublin FC no gramado. A intenção era imitar os políticos da República Velha, mas o resultado acabou sendo o nome, adotado pela imprensa, de cartola para os dirigentes esportivos. O Botafogo de Futebol e Regatas nasceu oficialmente no dia 8 de dezembro de 1942, resultado da fusão dos dois clubes de mesmo nome: o Club de Regatas Botafogo e o Botafogo Football Club. O Botafogo possuia o Estádio de General Severiano, muito utilizado antes da construção do Maracanã. O estádio foi demolido quando o clube perdeu a posse do terreno na década de 1970. Em 1977 a sede foi vendida para a Companhia Vale do Rio Doce e com a venda, o futebol do Botafogo foi para Marechal Hermes. Na década de 80 até 2004, o Botafogo mandou seus jogos no Caio Martins, em Niterói. O estádio, que pertence ao governo do Estado do Rio de Janeiro, foi construído originalmente para ser utilizado pelo Canto do Rio, mas está arrendado pelo Botafogo até a década de 2020. Atualmente o Botafogo manda seus jogos no Engenhão, construído para os Jogos Panamericanos de 2007 e no dia 3 de agosto de 2007, foi arrendado pelo Botafogo ao prazo de vinte anos.

Estatísticas

Retrospectos

Geral

Confronto Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Palmeiras x Botafogo 113 43 36 34 167 146 +9


Por Torneios

Campeonatos Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Libertadores 3 1 0 2 4 6 -1
Sul-Americana 2 1 0 1 3 3 0
Brasileiro 47 19 14 14 63 52 +5
Copa do Brasil 4 1 2 1 4 4 0
Brasileiro Série B 3 1 2 0 5 2 +1
Roberto Gomes Pedrosa 5 2 3 0 6 1 +2
Rio-São Paulo 26 7 8 10 42 45 -3
Amistosos 14 6 4 4 22 18 +2


Por Mando

Como Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo de Vitórias
Mandante 59 32 16 11 109 66 +21
Visitante 50 9 19 22 54 77 -13
Neutro 4 2 1 1 4 3 +1


Por Estádios

Veja todos os estádios onde as equipes já jogaram


Última Atualização: 22 de novembro de 2016


Primeiro Jogo

Em São Paulo

Palestra Itália 1 x 0 Botafogo FC
Juíz: Everaldo Martins
Palestra Itália: Primo; Bianco e Gasperini; Ítalo, Picagli e Fabbi; Forte, Ministro, Pilla, Imparato II e Martinelli. Capitão: Bianco.
Botafogo: Haroldo; Palamone e Allemão; Police, Alfredinho e Lagrecca; Leite, Alcindor, Celso, Arlindo e Neco.
Gol: Imparato II

No Rio de Janeiro

Botafogo FC 0 x 0 Palestra Itália
Juíz: Pedro Thomaz
Palestra Itália: Primo; Nigro e Bianco; Xingo, Amílcar e Serafini; Forte, Coe, Heitor, Imparato II e Morganti. Capitão: Amílcar Barbuy.


Último Jogo


Palmeiras Botafogo
Campeonato Brasileiro
36ª rodada
20 de novembro de 2016
Domingo
17h00
Palmeiras 1 x 0 Botafogo Estádio Allianz Parque, São Paulo São Paulo
Público 39.690
Renda R$ 3.174.042,74
Árbitro Elmo Alves Resende Cunha Goiás
Assistentes 1 Fabrício Vilarinho da Silva Goiás
Assistentes 2 Bruno Raphael Pires Goiás
Dudu (17') do 2ºt
Gol
49.Jaílson; 17.Jean, 26.Yerry Mina (11'1ºt31.Thiago Martins), 4.Vítor Hugo e 11.Zé Roberto; 32.Tchê Tchê (30'2ºt18.Gabriel), 28.Moisés e 10.Cleiton Xavier (09'2ºt29.Alecsandro); 23.Roger Guedes, 7.DuduCapitão e 33.Gabriel Jesus.
Técnico: Cuca
Reservas 48.Vinícius Silvestre, 2.Fabiano, 3.Edu Dracena, 31.Thiago Martins, 6.Egídio, 16.Fabrício, 18.Gabriel, 21.Thiago Santos, 15.Allione, 8.Lucas Barrios, 14.Erik, 29.Alecsandro
1.Sidão; 2.Émerson09'1ºt, 3.Joel CarliCapitão 47'2ºt, 4.Émerson Silva e 6.Diogo Barbosa; 8.Dudu Cearense (23'2ºt18.Sassá24'2ºt) e 5.Rodrigo Lindoso; 11.Alemão (43'1ºt17.Fernandes31'2ºt (34'2ºt19.Leandrinho47'2ºt)), 10.Camilo e 7.Neílton; 9.Rodrigo Pimpão.
Técnico: Jair Ventura
Reservas 12.Hélton Leite, 13.Márcio, 14.Renan Fonseca, 15.Marcelo Conceição, 20.Gervásio Núñez, 16.Gustavo Machado, 17.Fernandes, 19.Leandrinho, 18.Sassá, 21.Luís Henrique


Curiosidades

Palmeiras e Botafogo fizeram a final do Campeonato Brasileiro de 1972. A partida terminou em 0 x 0 e o Palmeiras se sagrou campeão por ter somado mais pontos durante todo o campeonato.

Fizeram também a final do Torneio Rio-São Paulo de 1962. O Botafogo venceu por 3 x 1 e se sagrou campeão. Gols de Quarentinha e Amarildo (2) para o Botafogo e Zequinha para o Palmeiras.


Maiores Goleadas

O Palmeiras goleou o Botafogo por 6x0, pelo Brasileiro de 1999. Os gols foram de Asprilla (2), Cléber, Agnaldo, Pena e Evair.
O Botafogo jamais venceu o Palmeiras por mais de três gols de diferença.


Placares

O placar de 1x0 é o mais comum entre as equipes: aconteceu em 23 jogos.
Em segundo aparece o placar de 0x0, que ocorreu 15 vezes.
Em 14 ocasiões ocorreu o placar de 2x1 e em 13 jogos o placar foi de 3x1.
O placar de 3x2, sempre pouco habitual, ocorreu 8 vezes.
O placar por três ou mais gols de diferença aconteceu apenas em 8 ocasiões, todas a favor do Palmeiras.


Maiores Tabus

Maior tabu Palmeiras:
Maior tabu Botafogo:
Maior série de vitórias do Palmeiras:
Maior série de vitórias do Botafogo:


Maiores Públicos


Quem Mais Jogou

Jogos
Jogador(es)




Os Vira-Casacas

Todos os jogadores que atuaram pelas duas equipes


Jogos

Todos os jogos contra o Botafogo


Artilheiros

Gols
Artilheiro(s)
6 Barcos
César Maluco
5 Ademir da Guia
Mazzola
4 Ademar Pantera
Liminha
Luizinho Mesquita
Marcinho
3 Enílton
Mirandinha
Moacir
Oséas
Tupãzinho
Vágner Love
Vavá
2 Agnaldo
Américo Murolo
Asprilla
Cardoso
Carrone
Cris
Echevarrieta
Edmundo
Euller
Galeano
Heitor
Jair Rosa Pinto
Kléber
Marcos Assunção
Milton
Nei
Og Moreira
Paulo Nunes
Pedrinho
Romeiro
Servílio
Zinho

Ferramentas pessoais