1999 - Elenco Campeão da Libertadores

De Porcopedia - A Enciclopedia do Palmeiras

História

Felipão levanta a taça da Libertadores

O 16 de junho de 1999 é uma das datas mais alegres para os torcedores do Palmeiras. Neste dia ocorreu a final da Libertadores da América, e o alviverde derrotou o Deportivo Cali, da Colômbia, nos pênaltis. O jogo foi no Palestra Itália, e ali, muitos entraram para a história da Sociedade Esportiva Palmeiras.

A tragetória do Palmeiras na Libertadores não foi fácil. Na primeira fase, o Palmeiras caiu no grupo da morte (Grupo 3) e era composto por: Corinthians, Cerro Porteño e Olímpia, ambos do Paraguai. O Verdão garantiu sua classificação em 2º lugar, e nas oitavas-de-finais, enfrentou o Vasco, na época, o atual Campeão da Libertadores.

Passou pelo Vasco, com um empate em casa e uma vitória convincente por 4x2 em São Januário. Pelas quartas-de-finais, bateu de frente com o maior rival, o Corinthians. O Palmeiras eliminou o time do Parque São Jorge na disputa por pênaltis, depois de 2 resultados iguais, 2x0. Ali o mundo começou a conhecer São Marcos.

Na semifinal, enfrentou o forte River Plate da Argentina, onde garantiu a classificação com uma vitória em casa por 3x0, depois de perder o primeiro jogo por 1x0.

A decisão, teoricamente, era mais fácil, depois de tantas pedreiras enfrentadas durante o campeonato. No primeiro jogo, perdeu para o Deportivo Cali, na Colômbia, por 1x0. Mas acabou vencendo em casa por 2x1, o que levou a decisão do torneio mais importante do continente para os pênaltis. Nas cobranças de penalidade máxima, o que já era um sofrimento para o torcedor palmeirense, virou um martírio quando Zinho (um dos jogadores mais experientes do elenco) bateu o 1º pênalti no travessão de Dudamel. O próprio goleiro do Cali, Dudamel, abriu o placar nas cobranças alternadas. Júnior Baiano empatou e Gavíria fez 2x1 para os colombianos. Na 3ª série, Roque Júnior empata mas Yepes faz 3x2 e aumenta a angústia da torcida. Rogério empata novamente e Bedoya chuta o seu na trave, colocando o Palmeiras na disputa. Euller bate o pênalti magistralmente, no cantinho, reverte a situação e coloca um peso enorme nas costas do último batedor colombiano. Zapata bate o pênalti pra fora e o Palestra Itália explode em verde e branco. A América era do Palmeiras.


O Elenco

Poster Libertadores 1999
Elenco campeão da Libertadores 1999

1 Velloso • 2 Arce • 3 Júnior Baiano • 4 Cléber • 5 Roque Júnior • 6 Júnior • 7 Paulo Nunes • 8 César Sampaio • 9 Oséas • 10 Alex • 11 Zinho • 12 Marcos • 13 Neném • 14 Rivarola • 15 Tiago Silva • 16 Rogério • 17 Evair • 18 Jackson • 19 Pedro • 20 Juliano • 21 Rubens Júnior • 22 Sérgio • 23 Agnaldo • 24 Euller • 25 Galeano • 26 Edmílson
Técnico: Felipão


Ver também

Ferramentas pessoais